Poesia | Meus/seus versos | Sandra Paula

Por você um dia me transformei em poeta
Escrevi em verso o amor que de dei
No papel rabisquei  cada anseio,
Emoção e desejo
Na insanidade da paixão
Ambicionei teus beijos
Teu corpo, teu amor

Rabisquei em versos e prosas
 A delícia de te amar
Rabisquei a saudade de você
A dor de sua ausência
E chorei ao rabiscar
Cada verso era  você
Cada lagrima era de amor
Cada letra sentimento
Cada frase me transformou

Rabisquei tristeza
Rabisquei solidão
Nas noites vazias
Na cama fria
Na falta de teu corpo
Entrelaçado ao meu
Como homem louco

Por você me fiz poeta
Inspiração ardente
Eu me fiz crente
Do prazer que me doavas
Da paixão inerente
Que você me passava

Rabisquei felicidade
A felicidade de ver preenchido
O vazio que antes tinha no peito
Hoje rabisco nosso amor
Nossos momentos
Nossa vida, nosso eu
Hoje  sou poeta de nossos sonhos
E rabisco na branca folha de papel
A felicidade de quem vive o amor...
Nós vivemos...
Nos amamos...


Por: Sandra Paula  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. Abaixo da postagem você pode comentar. Nós iremos moderar e liberamos em breve. Obrigado.

Google+ Followers